quarta-feira, 28 de abril de 2010

Minha Casa, Minha Vida destina verba para imóveis rurais


Famílias moradoras de áreas rurais, com renda anual entre R$ 10 mil e R$ 55,8 mil, poderão reformar seus imóveis por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), que faz parte do programa Minha Casa, Minha Vida. A decisão foi publicada no último dia 22 no Diário Oficial da União (DOU).

Com as novas regras, que fazem parte das Medidas Provisórias (MPs) 472 e 478 de 2009, os imóveis poderão ser ampliados ou modificados para trazer mais qualidade de vida para os moradores.

Para as famílias com renda anual de até R$ 10 mil, o programa continua voltado para a construção de novas unidades.

Portal Brasil

Plano de banda larga vai prever isenção tributária e linha de financiamento


A última versão do Plano Nacional de Banda Larga, que será submetida, ainda nesta semana, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vai prever isenção de tributação para as empresas dispostas a fornecer internet rápida a preços populares. O governo pretende fornecer internet “no atacado” a preços inferiores aos cobrados hoje no mercado e já está trabalhando em uma linha de financiamento, para empresas que se tornarem parceiras, superior a R$ 5 bilhões, além de um conjunto de normas para garantir a qualidade e o preço baixo para o consumidor.

A política tributária da proposta vai prever isenção de impostos para serviços destinados a populações de baixa renda, por exemplo. A linha de financiamento já está sendo desenhada pelo Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Caso o presidente bata o martelo, o plano poderá ser lançado nos próximos dias. A intenção é que, dentro de um ano, seja possível vender internet no atacado por menos da metade da média de preço cobrado atualmente pelo mercado. Com isso, o governo pretende tornar acessível, com a parceria de empresas privadas, internet banda larga ao preço médio de R$ 35 a cerca de 90% da população brasileira.

“A média de preço praticada, hoje, no mercado é de cerca de R$ 1,4 mil. Nós queremos vender por menos da metade. Nós só venderemos para quem se comprometer a ter qualidade e preço final”, destacou o coordenador de programas de Inclusão Digital do governo federal, Cezar Alvarez, em entrevista à Agência Brasil.

No plano de banda larga, o governo já decidiu que não fará a chamada “última milha”, ou seja, levar a internet até a casa dos consumidores. Isso será feito pelas empresas privadas que, segundo Alvarez, já demonstraram interesse em comprar a internet no atacado. As empresas já participaram de uma primeira reunião com o governo e, após o lançamento do planos, serão novamente convidadas para mais uma série de conversas.

O governo “acenderá”, ou seja, passará a utilizar de fato, para transmissão de dados, a rede já disponível, a chamada backbone, comparável a grandes autoestradas. Além disso, o governo também terá que criar outro nível de rede, o chamado backhaul, que pode se comparar a estradas vicinais que chegam às cidades.

“Da porta da cidade até a porta da casa, nós não vamos fazer. Nós não temos ainda essa [rede] intermediária, investindo diretamente ou até mesmo por meio de associações às operadoras que já têm. Queremos chegar à Copa do Mundo com uma rede capilarizada com mais um fornecedor capaz de oferecer novos serviços”, disse Alvarez.

O plano incluirá um conjunto de elementos de regulação, além de formas de aumentar a capacidade das redes já existentes e de ampliar o sistema de terceira geração para dar mais qualidade aos serviços de internet móvel.

Também já está decidido será usada a estrutura da Telebras para levar banda larga aos municípios. De acordo com Alvarez, o governo também atuará como um regulador, valendo-se das prerrogativas da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para garantir a prestação de serviço com qualidade e preço acessível. “O governo pretende levar o mercado a todos os lugares do Brasil onde hoje não chega internet de qualidade”, destacou.

Ele também concedeu entrevista à TV Brasil, quando destacou que, com o plano, o governo não pretende “substituir” o mercado. O governo atuará, segundo Alvarez, como regulador do mercado para garantir que a internet seja mais barata e tenha mais qualidade. A entrevista vai ao ar hoje (26) às 21 horas.

Confiança do consumidor na economia dá um salto em abril, diz FGV


A confiança do consumidor na economia do país deu um salto em abril deste ano, na comparação com o mês anterior. O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) atingiu 3,5%, contra 0,7% no mês passado.

A taxa foi a maior desde novembro de 2009 (1,4%), conforme divulgou hoje (27) a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Na nota, a instituição informa que "em abril, tanto as avaliações sobre o momento atual quanto as expectativas com relação aos próximos meses tornaram-se mais favoráveis".

O Índice da Situação Atual registrou alta de 2,8%, a maior desde o início da pesquisa,
em setembro de 2005, enquanto o Índice de Expectativas, voltou ao patamar de novembro do ano passado, com alta de 4,1%, a segunda consecutiva.

Segundo a Fundação Getulio Vargas, a maior contribuição para a evolução do ICC em abril veio do grau de otimismo dos consumidores com os próximos seis meses. A proporção aumentou para 26,8% ante 23,2% de março. A parcela dos consumidores que esperam dias piores caiu de 13,2% em março, para 8,9% em abril.

A avaliação das finanças pessoais teve o melhor resultado da série histórica da pesquisa. Em abril, a proporção de consumidores que consideraram a situação financeira familiar boa foi de 22,3%, enquanto em março havia sido de 19,3%. A proporção dos que avaliaram como ruim ficou praticamente estável na passagem de um mês para o outro (11,4% em março e 11,5% em abril).

Para o cálculo do ICC, a Fundação Getulio Vargas usa como referência uma amostra de mais de 2 mil domicílios nas sete principais capitais brasileiras (Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife e Salvador). A pesquisa foi realizada entre os dias 1º e 20 de abril.

terça-feira, 27 de abril de 2010

Campestre é melhor que o Santos


O time de futebol feminino do Campestre tem uma média de gols superior ao time do Santos.

É isso aí!!! As meninas estão detonando!!!

Ministério da Saúde prorroga prazo para vacinação contra gripe H1N1


Pessoas que perderam o prazo terão até o dia 7 de maio.
Até agora, foram vacinadas 36,9 milhões de pessoas.

O Ministério da Saúde prorrogou em todo o país até o dia 7 de maio o prazo para vacinação dos grupos que já estiveram em outras fases da campanha de combate ao vírus Influenza A (H1N1). Segundo os dados da pasta, já foram vacinadas 36,9 milhões de pessoas contra a doença.

Com a prorrogação, gestantes, pessoas com doenças crônicas, crianças de seis meses a dois anos e jovens de 20 a 29 anos têm mais um prazo para tomar a vacina. Pessoas idosas com doenças crônicas também podem tomar o medicamento contra a nova gripe até esta data.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, considerou positiva a adesão à campanha de vacinação até o momento. “Acho que é um número positivo. Se fizer um balanço por grupos, já atingimos 60% da meta até agora. É bom lembrar que a população de 30 a 39 anos ainda não pode se vacinar”.

Segundo o ministro, a expectativa é até o final da campanha vacinar 80% da população incluída nos públicos-alvo, que é de cerca de 90 milhões de pessoas.

Idosos
Temporão esclareceu ainda que somente idosos com doenças crônicas serão vacinados contra a nova gripe. Os outros receberão apenas a vacina contra a gripe comum. Nas regiões Norte e Sul já começou a vacinação para as duas doenças. Nas outras regiões, somente a vacina contra a nova gripe está disponível.

Segundo o ministério, em 2009, morreram 2.051 pessoas vítimas da nova gripe. Cerca de 75% das mortes aconteceram em pessoas com doenças crônicas. Entre as gestantes, o índice de letalidade foi 50% maior que na população em geral. Entre os mortos, cerca de 20% eram adultos de 20 a 29 anos. E as crianças menores de dois anos tiveram a maior taxa de incidência da doença, com 154 casos por 100 mil habitantes. Por este motivo foram escolhidos estes grupos para a campanha de vacinação.


Fonte: http://g1.globo.com/especiais/virus-a-h1n1/noticia/2010/04/ministerio-da-saude-prorroga-prazo-para-vacinacao-contra-gripe-h1n1.html

Participe da 1ª Jornada Nacional de Formação do PT



Em maio acontece a 1ª Jornada Nacional de Formação Política do PT que pretende contar com a participação de 100 mil filiados/as em diversos municípios do país. O objetivo principal é tornar os filiados e militantes do partido sujeitos da formulação, das decisões e da ação política.

A JORNADA acontece em três etapas ( regionais, estaduais e locais ). A etapa preparatória regional cobriu 25 estados, envolvendo 700 pessoas entre dirigentes estaduais e municipais, formadores ( as ) militantes e filiados ( as ). Em abril estão acontecendo as etapas preparatórias estaduais que preparam os militantes responsáveis por realizar as atividades locais das quais todos/as militantes filiados/as do partido estão convidados a participar.

A JORNADA está em pleno movimento estimulando o partido se organizar para retomar a formação. O fortalecimento ou a organização dos coletivos estaduais e municipais de formação serão fundamentais para que seja possível realizar a jornada, preservar a memória das experiências realizadas e garantir a continuidade do trabalho. Este ambiente ajudará a consolidar a Escola Nacional de Formação. Ela é uma iniciativa da Direção Nacional do PT, por meio da Secretaria Nacional de Formação e da Fundação Perseu Abramo, em parceria com as Secretarias Estaduais e Municipais de Formação.

Metodologia

A metodologia indica a necessidade de que se realizem mediações entre os conhecimentos sobre o partido e sobre as relações sociais, políticas e culturais apresentados nos cadernos 1, 2 e 3 e os conhecimentos, representações e opiniões, expressos pelos participantes sobre essa experiência.

Assegurando que a existência de diferentes concepções e interpretações sobre os diferentes momentos da história do PT seja apontada valorizando a existência da pluralidade que caracteriza o PT.

Conteúdos

Os conteúdos a serem trabalhados abarcam elementos da história do partido e de suas idéias no contexto da história do país, com ênfase em conjunturas específicas que se tornaram, ou têm se tornado, marcos para o Brasil, para o PT, os movimentos populares e a esquerda. Também tratam de nossa mais importante experiência de poder: os quase 8 anos de governo Lula e nosso projeto para o Brasil.

São trabalhados três núcleos de conteúdos que serão o foco em todas as etapas ( regional, estadual e local). Esses núcleos estão contidos em três cadernos que que materializam um esforço comum de recuperação e elaboração de elementos da história do PT, da história da elaboração dos programas de governo das candidaturas à presidência da República, da experiência do governo Lula e das possibilidades de dinamização dos diretórios regionais, a partir de diferentes leituras políticas da história do partido. Os cadernos serão distribuídos a todos/as os/as participantes em todos os municípios e são as referências para os/as formadores.



São eles:

• Caderno 1 – Elementos da história do Partido dos Trabalhadores e suas resoluções.

• Caderno 2 – O Projeto Nacional e a política internacional do PT ( Balanço do governo Lula e elementos dos programas de governo desde 1989 ).

• Caderno 3 – Articulação do Projeto Nacional, Projetos Regionais e Locais, o fortalecimento do PT e a luta pela hegemonia no país.

Mobilização

Haverá forte mobilização para a realização da Jornada em cada município ou macro-região. O grande interesse dos/as participantes pelos conteúdos apresentados nas etapas regionais, especialmente no que se refere à construção do pensamento do PT, ( aspectos centrais das resoluções dos congressos e encontros ), mostrou o quanto é importante ser evidenciado o processo de formulação do partido para que os/as filiados/as e militantes possam se apropriar do patrimônio teórico-prático produzido. Essa produção deve ser o ponto de partida para a reflexão e a elaboração política.

PARTICIPE

Vamos aproveitar a realização da 1ª JORNADA NACIONAL DE FORMAÇÃO para revigorar nossos diretórios municipais chamando os militantes e filiados ( antigos e novos ) para participar das atividades.

Entre em contato com a Secretaria Estadual ou Municipal de Formação e INSCREVA-SE!
Mais informações:

http://www.pt.org.br/portalpt/secretarias/formacao-politica-26.html

http://www.fpa.org.br/jornada

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Alimentação saudável tem que ter muita fibra


Fique de olho na alimentação do seu filho

Os alimentos enriquecidos com vitaminas e minerais servem para complementar a alimentação da criança.

As bebidas lácteas, achocolatados, biscoitos e tantos outros quitutes enriquecidos não são condenados pelos especialistas, mas nunca devem substituir as refeições.

Mesmo contra a vontade delas, os pais devem incluir no cardápio infantil alimentos ricos em ferro, encontrado nas carnes, vísceras e vegetais escuros como o brócolis e couve. Se essas folhas estiverem batidas num suco de fruta cítrica, melhor ainda. As frutas cítricas têm vitamina C, que facilita a absorção do ferro.

Esses alimentos, se bem disfarçados, auxiliam na prevenção e combate a anemia. A criança anêmica pode ter dificuldade de atenção e atraso no desenvolvimento físico e intelectual.

Outro equívoco dos pais é ceder as manhas da criança que não quer comer substituindo a alimentação por substanciosas mamadeiras. Isto pode prejudicar o fortalecimento de toda estrutura da boca, levando a um mal funcionamento da mastigação, dentição e respiração.

Saiba colher os frutos de uma noite bem dormida


Uma boa noite de sono faz milagre pelo o nosso bem-estar. Embora a natureza nos prepare para dormir todos os dias e por várias horas, nem sempre nosso organismo corresponde a essa necessidade. O resultado: cansaço, ansiedade e até mesmo o mau humor.

Segunda uma pesquisa do médico gaúcho Denis Martinez, cerca de 2% das crianças e de 50% dos idosos têm dificuldade para dormir. Á medida que envelhecemos, os neuro-transmissores que coordenam nosso também envelhecem.

O que pouca gente sabe é que os distúrbios do sono são de origem orgânica e não psicológica, como a maioria das pessoas pensa. Assim como prevenimos outras doenças, devemos tomar cuidado para evitar insônia e outros problemas ligados ao sono.

Durma em um local confortável, fresco, escuro e silencioso. As alterações de ruído, de luz e de temperadtura podem atrapalhar o sono.
Crie seus próprios rituais para dormir. Medite, faça relaxamento, orações ou outra técnica que ajude a aliviar a tensão.
Evite olhar o relógio a cada vez que acordar: este hábito pode piorar uma eventual noite de insônia.
Pratique exercícios regularmente, pois isso melhora as condições do organismo. Mas procure fazer ginástica até seis horas antes de se deitar.
Não durma com fome. Uma boa dica é beber um copo de leite morno antes de ir para a cama.
Faça refeições leves à noite. A partir dos 16 anos, a capacidade digestiva de nosso organismo começa a diminuir, e uma digestão difícil atrapalha terrivelmente o sono.
Use a cama apenas para dormir. Nada de ver televisão, ler ou jogar videogame deitado na cama.
Se estiver numa noite de insônia, não fique na cama forçando o sono. Levante-se, procure alguma atividade e só retorne quando sentir sono.

O dever - Lei Moral


Maria Aparecida Ferreira Lovo
de Ribeirão Preto, SP

A lei moral sinaliza ao ser humano o que deve ou não fazer, e ele só é infeliz quando dela se afasta. ela é a diretriz verdadeira para a felicidade do homem.

O dever é responsabilidade no conjunto das determinações da lei moral, a regra pela qual o homem deve conduzir-se primeiro consigo e depois em conseqüência com seus semelhantes.

O dever inspira os grandes sacrifícios, os puros devotamentos, os grandes entusiasmos.

Ele não é idêntico para todos, variando de acordo com o grau evolutivo de cada um.

Quanto mais a criatura se eleva, mais percebe sua grandeza, majestade, extensão e o seu exercício torna-se agradável, pois, produz alegrias íntimas, sem igual.

Os Espíritos Superiores têm profundamente arraigados em si o sentimento do dever. Sem esforços seguem o seu próprio caminho. Para eles o dever é situação de todos os momentos, a condição indispensável da existência.

Por mais obscura que seja uma criatura, por mais humilde que pareça a sua sorte, o dever cumprido enobrece sua vida, esclarecendo a razão e fortalecendo a alma.

Ele dá a calma interior, serenidade de espírito, mais preciosa que todos os bens da Terra, e que podemos experimentar mesmo estando em meio a grandes provações e infortúnios.

Na ordem dos sentimentos o dever é, às vezes, difícil de ser cumprindo, porque se encontra em oposição às seduções do interesse, O dever íntimo do homem está confiado ao seu livre-arbítrio, por isso, a consciência o adverte e sustenta, mas ele muitas vezes fraqueja diante dos enganos da paixão, entretanto esse dever quando com responsabilidade , eleva o homem.

Mas como determinar com exatidão? Saber onde começa, e onde acaba o dever?

Começará precisamente no ponto em que ameaçamos a felicidade ou a tranqüilidade do nosso próximo, e termina no limite que não desejaríamos ver transposto em relação a nós.

O homem deve amar o dever, não apenas porque ele o livra de males maiores na vida, e dos quais a Humanidade não está isenta, mas porque transmite ao Espírito o fortalecimento necessário para que possa progredir.

Dever não tem limites e o homem que cumpre o seu dever ama a Deus acima de todas as criaturas, e as criaturas mais que a si mesmo, e ao fim de cada dia pode dizer: hoje consegui vencer-me, assisti, consolei, esclareci meus irmãos, cumpri o meu dever!

Bibliografia:
•Depois da Morte - Léon Denis - cap. XLIII
•O Evangelho Segundo o Espiritismo - A. Kardec - cap. XVII, item 7
(Jornal Verdade e Luz Nº 188 de Setembro de 2001)

Fonte: http://portalespirito.com/verdade-e-luz/o-dever-lei-moral.htm

UNE aprova programa contra privatização e redução de gastos sociais


União Nacional dos Estudantes (UNE) aprovou ontem, no encerramento do 58º Conselho Nacional de Entidades Gerais, um programa em que apoia a continuidade e o avanço de políticas públicas adotadas pelo Governo Lula e propõe o enfrentamento de “políticas de fundo neoliberal”, da “redução dos gastos sociais” e da “privatização do patrimônio estatal”. A entidade evitou declarar apoio a qualquer candidatura presidencial.

“Uma ampla maioria de delegados foi da opinião de que a UNE participe do processo político com independência e apresentando propostas. Serão os candidatos e seus programas que dirão se a UNE defenderá determinadas propostas ou não. Essa responsabilidade, agora, é dos candidatos”, disse o presidente da entidade, Augusto Chagas.

No documento que encaminhará aos candidatos, a UNE defenderá que não haja retrocesso em algumas políticas.

“Nós vamos lutar para que o Brasil não retroceda a determinadas políticas que, na nossa opinião, são negativas. Não queremos, por exemplo, que o Brasil volte a ser conduzido com políticas relacionadas à questão das privatizações, na redução do Estado, como se fazia em discurso de dez anos atrás. Não queremos retrocesso a determinadas políticas na educação brasileira, como era tratada a universidade pública há uma década, que vivia uma situação de absoluto estrangulamento”, afirmou o dirigente estudantil.

Augusto Chagas disse ainda que “a UNE tem consciência de que ainda é preciso avançar muito no Brasil em relação à conquista de direitos fundamentais para a maioria do povo, entre os quais o acesso ao emprego, à moradia, à saúde, à educação. É preciso aprofundar determinadas políticas que foram conduzidas no país e reforçar as políticas sociais”.

Brasília Confidencial (www.brasiliaconfidencial.com.br)

Fonte: http://www.pt.org.br/portalpt/noticias/nacional-2/une-aprova-programa-contra-privatizacao-e-reducao-de-gastos-sociais-4212.html

sábado, 24 de abril de 2010

Pesquisa da FGV revela que Inflação perde velocidade


O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,76%, na terceira prévia do mês, correspondente à variação observada entre os dias 15 e 22 de abril. Segundo o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) a taxa é 0,04 ponto percentual menor do que a anterior (0,80%).

A maior contribuição veio do grupo alimentação, que apresentou decréscimo na média dos preços, e fechou em 2,02% ante 2,36% do período anterior. Influenciaram no resultado a queda nos preços de frutas (de 1,07% para -1,83%) e as hortaliças e legumes, com elevação de 9,64%, abaixo do índice registrado no período anterior (7,19%).

Em transportes a taxa foi negativa (-0,29%), mas havia caído de forma mais acentuada na segunda prévia (-0,45%). Para encher o tanque com álcool combustível, os motoristas estão pagando 11,06% menos, mas na semana anterior o produto estava 12,32% mais barato. No grupo Despesas Pessoais que estava com os preços estáveis, houve ligeira elevação, de 0,02%, com destaque para a cotação do vinho, que passou de -1,30% para -0,54%.

O aumento de preços dos medicamentos (de 0,59% para 1,27%) também impediu que o decréscimo inflacionário fosse mais expressivo, elevando o grupo saúde e cuidados pessoais de 0,50% para 0,61%. Em vestuário a taxa saltou de 0,43% para 0,93% diante da entrada nas lojas da nova coleção outono-inverno (de 0,25% para 0,97%).

ABr
No grupo habitação o aumento foi de 0,01 ponto percentual, fechando em 0,26%. No período, ficou mais oneroso contratar profissionais para reparos na residência (de 0,16% para 0,54%).

Produção de petróleo tem aumento em março


A produção média de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil e no exterior atingiu, em março deste ano, a média diária de 2.556.002 barris de óleo equivalente (boed). Esse resultado ficou 0,7% acima do volume do mesmo mês de 2009, quando foram produzidos 2.537.873 boed, e se manteve no mesmo nível do volume total extraído em fevereiro de 2010 (2.560.490 boed).

Considerando apenas os campos do Brasil, a produção média de petróleo e gás natural da Petrobras alcançou 2.309.095 barris de óleo equivalente por dia (boed), mantendo-se nos mesmos níveis de março do ano passado e de fevereiro do corrente ano. A produção exclusiva de petróleo dos campos nacionais foi de 1.993.763 barris/dia, 6.207 barris/dia acima do volume extraído em fevereiro (1.987.556 b/d) e 1.829 barris/dia acima da produção de março de 2009. Em março entrou em produção o teste de longa duração do campo de Tiro, com a plataforma semissubmersível SS-11, que tem capacidade para produzir 20 mil barris/dia.

O volume de petróleo e gás natural dos campos onde a Petrobras atua no exterior chegou a 246.907 boed em março, indicando um aumento de 10,9% sobre a produção de março de 2009. Contribuíram para o resultado a entrada em produção do campo de Akpo e novos poços no campo de Agbami, ambos na Nigéria. Quando comparado com fevereiro de 2010, o volume apresentou um decréscimo de 0,6%, em função da reclassificação dos custos referentes a 2009 e aos dois primeiros meses de 2010, ambos no campo de Akpo. Também contribuiu para este resultado o aumento no preço do barril de petróleo, o que impactou negativamente na parcela de produção da Petrobras, tanto no campo de Akpo, como no de Agbami.

A produção de gás natural dos campos nacionais atingiu 50 milhões 134 mil metros cúbicos diários em março, mantendo-se estável em relação ao mês anterior e ao mesmo mês de 2009. A produção de gás natural no exterior foi de 16 milhões 530 mil metros cúbicos, registrando um acréscimo de 0,5% em relação ao volume de fevereiro deste ano, e de 0,9% em comparação com março de 2009. Este aumento se deve à maior demanda pelo gás boliviano.


Fonte: http://www.pt.org.br/portalpt/noticias/economia-5/producao-de-petroleo-tem-aumento-em-marco-4205.html

20 anos do telescópio hubble


Washington, 24 abr (EFE).- A Nasa (agência espacial americana) concluirá neste fim de semana a comemoração do 20º aniversário do Hubble, o telescópio espacial que abriu os horizontes da astronomia e que em alguns anos será mais uma peça de museu que um satélite ao redor da Terra.

A comemoração está acontecendo em todos os escritórios nacionais da Nasa, e começou com a divulgação das fotos mais espetaculares do universo captadas pelo telescópio.

Essas imagens também fazem parte do livro "Hubble, a Journey Through Space and Time", que inclui 20 das melhores fotografias e comentários de importantes astrônomos de todo o mundo.

As imagens, selecionadas por astronautas e cientistas da agência espacial, mostram o nascimento e morte de estrelas e a colisão de galáxias, além de remeter aos períodos iniciais da formação do universo.
"Esse livro representa uma amostra dos 20 anos de descobertas do Hubble, que mudaram para sempre nossa visão do universo", disse Ed Weiler, administrador adjunto da missão científica da Nasa.

"O Hubble seguirá tendo um impacto positivo no mundo durante muitas décadas e as descobertas serão ainda maiores no futuro", previu Weiler, autor do livro.

A publicação conta com um prólogo do administrador da Nasa, Charles Bolden, que foi um dos astronautas que participou das missões para reparar e melhorar os instrumentos do telescópio.

O Hubble começou sua histórica proeza científica em 24 de abril de 1990, quando partiu para uma órbita de 600 km sobre a Terra, instalado na nave espacial "Discovery".

Mas a Nasa não fez festa apenas pelas fotografias do cosmos tiradas do observatório, que é um projeto conjunto da Nasa e da Agência Espacial Europeia (ESA), mas também divulgou as descobertas conseguidas por outros instrumentos, como seu espectrógrafo e suas câmeras de alta resolução.

Entre elas, está a primeira molécula orgânica em um planeta que orbita outra estrela, o descobrimento de buracos negros, a comprovação de que a matéria escura existe, a formação dos planetas e observações que permitiram estabelecer que o universo está em expansão e que sua idade é de aproximadamente 13,7 bilhões de anos.

A molécula, de metano, foi descoberta pelo Hubble em um exoplaneta que se encontra a 63 anos luz da Terra, na constelação Vulpécula. Trata-se de um corpo muito maior que nosso planeta e tão brilhante que os cientistas consideram impossível a existência de algum tipo de atividade biológica.

"Seja em pontos mais próximos ou nos mais distantes, aqueles que nunca haviam sido visto antes, estamos levando o cidadão a uma viagem por todo o universo", afirmou Dave Leckrone, um dos cientistas encarregados pelas operações do Hubble.

Mas a vida do satélite que revolucionou o conhecimento do homem sobre o universo está ficando curta.

Após a quinta e última missão do ano passado para reparar e melhorar seus sistemas que estiveram inativos durante quase três anos, a Nasa anunciou que não espera que o Hubble continue funcionando depois de 2014 e que, pouco a pouco, seus sistemas se apagarão para sempre.

O complexo espacial mede 13,2 metros de comprimento e 4,7 metros de largura e tem um peso de quase 12 toneladas. Irremediavelmente, começará a ser atraído pela força da gravidade da Terra até se desintegrar ao se chocar com a atmosfera.

A partir de então o Hubble irá se juntar aos milhares e milhares de elementos que compõem o ferro-velho espacial que giram em órbitas eternas ao redor do planeta.

Mas não deve demorar até que a Nasa lance ao espaço outro equipamento para ficar na órbita terrestre e que talvez seja mais poderosa que o Hubble.

Ao anunciar, neste mês, seus planos para o futuro da prospecção do cosmos, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, o presidente Barack Obama confirmou seu plano de investir US$ 3 bilhões na substituição do telescópio espacial.


Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2010/04/24/nasa+comemora+20+anos+de+proezas+astronomicas+do+telescopio+hubble+9467404.html

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Dia Mundial da Terra (22.Abril)


O Dia da Terra foi criado em 1970 quando o Senador norte-americano Gaylord Nelson convocou o primeiro protesto nacional contra a poluição. É festejado em 22 de abril e a partir de 1990, outros países passaram a celebrar a data.
Sabe-se que a Terra tem em torno de 4,5 bilhões de anos e existem várias teorias para o “nascimento” do planeta. A Terra é o terceiro planeta do Sistema Solar, tendo a Lua como seu único satélite natural. A Terra tem 510,3 milhões de km2 de área total, sendo que aproximadamente 97% é composto por água (1,59 bilhões de km3). A quantidade de água salgada é 30 vezes a de água doce, e 50% da água doce do planeta está situada no subsolo.
A atmosfera terrestre vai até cerca de 1.000 km de altura, sendo composta basicamente de nitrogênio, oxigênio, argônio e outros gases.
Há 400 milhões de anos a Pangéia reunia todas as terras num único continente. Com o movimento lento das placas tectônicas (blocos em que a crosta terrestre está dividida), 225 milhões de anos atrás a Pangéia partiu-se no sentido leste-oeste, formando a Laurásia ao norte e Godwana ao sul e somente há 60 milhões de anos a Terra assumiu a conformação e posição atual dos continentes.
O relevo da Terra é influenciado pela ação de vários agentes (vulcanismo), abalos sísmicos, ventos, chuvas, marés, ação do homem) que são responsáveis pela sua formação, desgaste e modelagem. O ponto mais alto da Terra é o Everest no Nepal/ China com aproximadamente 8.848 metros acima do nível do mar. A Terra já passou por pelo menos 3 grandes períodos glaciais e outros pequenos.

A reconstituição da vida na Terra foi conseguida através de fósseis, os mais antigos que conhecemos datam de 3,5 bilhões de anos e constituem em diversos tipos de pequenas células, relativamente simples. As primeiras etapas da evolução da vida ocorreram em uma atmosfera anaeróbia (sem oxigênio).

As teorias da origem da vida na Terra, são muitas, mas algumas evidências não podem ser esquecidas. As moléculas primitivas, encontradas na atmosfera, compõe aproximadamente 98% da matéria encontrada nos organismos de hoje. O gás oxigênio só foi formado depois que os organismos fotossintetizantes começaram suas atividades. As moléculas primitivas se agregam para formar moléculas mais complexas.

A evidência disso é que as mitocôndrias celulares possuam DNA próprio. Cada estrutura era capaz de se satisfazer suas necessidades energéticas, utilizando compostos disponíveis. Com este aumento de complexidade, elas adquiriram capacidade de crescer, de se reproduzir e de passar suas características para as gerações subseqüentes.

A população humana atual da Terra é de aproximadamente 6 bilhões de pessoas e a expectativa de vida é em média de 65 anos.
Para mantermos o equilíbrio do planeta é preciso consciência dessa importância, a começar pelas crianças. Não se pode acabar com os recursos naturais, essenciais para a vida humana, pois não haverá como repô-los. O pensamento deve ser global, mas a ação local, como é tratado na Agenda 21.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Tiradentes (21.Abril)


Introdução

O nome do líder da Inconfidência Mineira era Joaquim José da Silva Xavier. Nasceu na Vila de São Jose Del Rei (atual cidade de Tiradentes, Minas Gerais) em 1746, porém foi criado na cidade de Vila Rica (atual Ouro Preto).

Biografia

Exerceu diversos trabalhos entre eles minerador e tropeiro. Tiradentes também foi alferes, fazendo parte do regimento militar dos Dragões de Minas Gerais.

Junto com vários integrantes da aristocracia mineira, entre eles poetas e advogados, começa a fazer parte do movimento dos inconfidentes mineiros, cujo objetivo principal era conquistar a Independência do Brasil. Tiradentes era um excelente comunicador e orador. Sua capacidade de organização e liderança fez com que fosse o escolhido para liderar a Inconfidência Mineira. Em 1789, após ser delatado por Joaquim Silvério dos Reis, o movimento foi descoberto e interrompido pelas tropas oficiais. Os inconfidentes foram julgados em 1792. Alguns filhos da aristocracia ganharam penas mais brandas como, por exemplo, o açoite em praça pública ou o degredo.

Tiradentes, com poucas influências econômicas e políticas, foi condenado a forca. Foi executado em 21 de abril de 1792. Partes do seu corpo foram expostas em postes na estrada que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais. Sua casa foi queimada e seus bens confiscados.

Conclusão : Tiradentes pode ser considerado um herói nacional. Lutou pela independência do Brasil, num período em que nosso país sofria o domínio e a exploração de Portugal. O Brasil não tinha uma constituição, direitos de desenvolver indústrias em seu território e o povo sofria com os altos impostos cobrados pela metrópole. Nas regiões mineradoras, o quinto (imposto pago sobre o ouro) e a derrama causavam revolta na população. O movimento da Inconfidência Mineira, liderado por Tiradentes, pretendia transformar o Brasil numa república independente de Portugal.

Para saber mais: livros e filmes

Filme :
Os Inconfidentes . Joaquim Pedro de Andrade. Brasil, 1972

Livros :
BENTES, Ivana. “ Independência ou Morte ”. Joaquim Pedro de Andrade: a revolução intimista. Rio de Janeiro : Relume-Dumará, 1996.
BERNADET, Jean-Claude. “O caso Tiradentes: notas ”. Piranha no mar de rosas . São Paulo: Nobel, 1982. RAMOS , Alcides Freire. “ A conjuntura política (1964-1972) e Os inconfidentes ”. Canibalismo dos fracos : cinema e história do Brasil. São Paulo: Edusp, 2002.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Mamão uma delícia cheia de benefícios


Esta delícia de fruta é calmante, digestiva e laxativa, sendo bastante indicada para quem possui o estômago sensível, quer manter o peso ou está querendo emagrecer, pois possui baixas calorias.

O mamão possui ainda alta quantidade de beta-caroteno, característico de frutas de tons alaranjados. O Beta-caroteno quando ingerido atua como formador de vitamina A. Já a Vitamina A, atua no combate a doencas de pele, cegueira noturna e queda de cabelos.

Mas não exagere! O consumo de vitamina A pode causar acúmulo dessa vitamina no organismo e com isso gerar doenças tão perigosas quanto as doenças causadas pela carência de vitamina A.

Rede Globo suspende campanha de comemoração de 45 anos


Integrante da campanha de Dilma diz que vinheta faria propaganda disfarçada de Serra. Rede Globo afirma que campanha foi feita em novembro de 2009.

A Rede Globo suspendeu nesta segunda-feira (19) a veiculação da campanha em comemoração aos 45 anos da empresa. Pela manhã, Marcelo Branco, coordenador de internet da campanha da pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou em sua conta no Twitter que “ele e toda a rede” enxergavam na campanha da Globo uma mensagem subliminar em apoio ao pré-candidato do PSDB, José Serra, número 45.

Em nota, a Rede Globo diz que “o texto do filme em comemoração aos 45 anos da empresa foi criado – comprovadamente – em novembro do ano passado, quando não existiam nem candidaturas muito menos slogans. Qualquer profissional de comunicação sabe que uma campanha como esta demanda tempo para ser elaborada. Mas a Rede Globo não pretende dar pretexto para ser acusada de ser tendenciosa e está suspendendo a veiculação da campanha.”

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Peixe ajuda a prevenir doenças coronárias


Você sabia que ingerir peixes de água fria, como truta, atum ou salmão no mínimo uma vez por semana pode ajudá-lo a prevenir doenças coronárias e ataques cardíacos?

Isso acontece porque peixes de água fria têm uma quantidade importante de ácidos graxos ômega 3, uma gordura monoinsaturada que auxilia na diminuição da oxidação do colesterol, impedindo que ele se deposite nas artérias.

A Prece


José Argemiro da Silveira

de Ribeirão Preto, SP


"Quando quiserdes orar entrai para o vosso quarto e, fechada a porta, orai ao Pai, no íntimo, e o Pai que vê no íntimo, vos recompensará" - Jesus (Mateus 6:6)

Há pessoas que duvidam da eficácia da prece, achando que, se Deus conhece nossas necessidades, não é preciso expô-las. Entretanto, embora o Criador de fato conheça tudo o que vai no nosso íntimo, bem como o de que necessitamos, a prece proporciona, a quem ora, um bem-estar muito grande. E sempre contribui para a solução de nossos problemas, para minorar as dores de quem sofre.

Nem sempre recebemos o que pedimos, mas a prece não fica sem resposta. Informam os benfeitores espirituais que a resposta de nossas orações vêm para atender nossas reais necessidades, e não de acordo com o pedido, pois, às vezes, o que pedimos não é o que mais nos convém. Diz Emmanuel (Livro da Esperança, lição n.° 88): "Pediste em oração a cura de doentes amados e a morte apagou-lhes as pupilas; solicitaste o afastamento da prova e o acidente ocorreu; suplicaste a sustação da moléstia e a doença chegou; imploraste suprimentos materiais e a carência te bate à porta". Mas prossegue o instrutor espiritual: "Se não abandonares a prece, aliada ao exercício das boas obras, granjearás paciência e serenidade para entender que a desencarnação foi socorro providencial; o desastre se constituiu em medida de emergência para evitar algo pior; e a mutilação física é defesa da própria alma contra quedas morais". Isto significa que os infortúnios da vida, que queremos tanto evitar, muitas vezes são as lições de que necessitamos para o nosso aperfeiçoamento espiritual. Assim, a prece não os removerá, mas nos trará o entendimento, a compreensão necessária para os aceitarmos, entendendo o benefício que eles nos proporcionam. A sabedoria popular diz "há males que vêm para o bem", e é verdade. Se os problemas continuam, mesmo com as orações, é bom insistir na prece que ela pode não afastar o fardo do ombro do sofredor, mas lhe dará forças e bom ânimo para carregá-lo. Jesus nos recomenda orar sempre e nunca deixar de orar. Para nos esclarecer bem a respeito do assunto, contou-nos a parábola do Juiz Iníquo.

Uma pobre viúva explorada por um ricaço prepotente, procura o juiz e lhe pede: Faze-me justiça contra meu adversário. O juiz, porém, que não observa as Leis de Deus, nem respeita homem algum, não quer atendê-la. A viúva insiste e, mesmo não sendo atendida, continua a insistir, a tal ponto que, por fim, o Juiz resolve atendê-la, não por causa dela, mas para se livrar da importunação. (Lucas, 18:1 e seguintes). Parece estranha a parábola, será que Deus seria como aquele juiz iníquo? Certamente que não, mas nós, muitas vezes achamos que sim. Achamos que Deus não nos ouve. Então Jesus nos recomenda a, mesmo assim, não desistir da oração.

Entretanto, alguém poderá argumentar: E por que essa necessidade de pedir, se Deus é onisciente, e sabe perfeitamente de que necessitamos, mesmo antes de lho pedirmos? Ocorre que a oração não tem por fim lembrar Deus que precisamos disto ou daquilo. A finalidade da prece é fazer modificação em nós mesmos; criar em nós uma atitude tal que Deus nos possa atender, pois só "quando o discípulo está pronto o Mestre aparece".

Se vamos ao mar pegar água, pegaremos determinada quantidade conforme o tamanho de nossa vasilha. quanto maior a vasilha, maior a quantidade de água. Se consigo pegar pouca água, ou mesmo quase nenhuma, isto ocorre pelo tamanho de minha vasilha pequena, ou mesmo porque não levo nada para recolher a água. E não pelo oceano que é imenso. Poderíamos comparar o oceano com a misericórdia do Pai celestial, e as vasilhas são as nossas condições desiguais; cada um detém uma certa receptividade, possui a vasilha de determinado tamanho. O pedir, orar, buscar, bater, têm por fim alargar cada vez mais o recipiente humano.

Se alguém estiver, em pleno meio-dia, numa sala às escuras, e quiser receber um pouco de claridade, deverá abrir uma porta, ou uma janela, para que entre a luz solar. O sol não é afetado por isto. A misericórdia divina jorra com abundância, em favor de todos. Mas para recebê-la precisamos criar condições, receptividade em nós. Vamos conseguindo isto, se não abandonarmos a prece, aliada ao exercício das boas obras.

(Jornal Verdade e Luz Nº 172 de Maio de 2000)

Fonte: http://portalespirito.com/verdade-e-luz/a-prece.htm

Redução do IPI para construção será prorrogada até dezembro


O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem que o governo prorrogará até o fim do ano a redução do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) dos materiais de construção, como forma de evitar aumentos nos preços dos produtos e de manter estimulado o setor. O fim da desoneração estava previsto para junho.

“Está havendo um açodamento, porque todo mundo quer aproveitar esse crédito, essa redução de tributos, e está havendo um congestionamento de pedidos no setor, o que acaba elevando até os preços, coisa que nós não queremos. Inflação não queremos”.

Mantega revelou que a prorrogação atende a um pedido dos empresários da construção civil. “O setor me fez o pedido e estou atendendo, prorrogando até o fim do ano esta desoneração. De modo que aqueles que estão construindo casas, apartamentos, empreendimentos imobiliários, tenham mais tempo de planejar e façam pedidos com mais calma”.

Brasília Confidencial (www.brasilitaconfidencial.com.br)

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Receita de iogurte caseiro


Você sabia que tomando um copo de iogurte por dia você está contribuindo para a saúde da sua flora intestinal e ajudando sua pele, cabelos e unhas a manterem-se sempre fortes e saudáveis?

Como fazer Iogurte Caseiro:

- 1 litro de Leite
- 1 copo de iogurte natural

Aqueça o leite até quase ferver.

Não pode ferver porque a temperatura de fervura do leite mataria todas as bactérias responsáveis pela sua fermentação.

Adicione o copo de iogurte natural e deixe essa mistura em uma panela aquecida (mais ou menos 35 ºC) por 12 horas ou até formar o iogurte.

Da próxima vez em que for fazer o iogurte caseiro use no lugar do iogurte natural, um copo deste iogurte preparado por você mesma.

Economia brasileira vai crescer 7% este ano, prevê banco americano


A economia brasileira vai crescer 7% neste ano, segundo previsão do banco americano JPMorgan, resultado que, se confirmado, será o maior desde 1986, quando o PIB do país se expandiu em 7,5%. A estimativa da instituição é mais otimista que a de organismo internacionais e que a média dos economistas consultados pelo Banco Central (que, no levantamento da semana passada, apostavam em alta de 5,6%).

Segundo o banco, o crescimento no consumo e nos investimentos deve acelerar a expansão da economia brasileira, que se retraiu em 0,2% no ano passado -ainda assim foi uma das que tiveram menor queda no mundo em 2009.

Ele, no entanto, afirma que a sua previsão depende das ações do BC (isto é, do aumento da taxa de juros básica) e do controle de gastos pelo governo.

A previsão anual do JPMorgan supera a de outras instituições financeiras. Para a consultoria LCA, o PIB brasileiro vai se expandir em 5,8% neste ano. O banco Schahin estima alta de 5,2%, e o banco Espírito Santo aponta crescimento de 5,0%.

Para o primeiro trimestre deste ano, o JPMorgan prevê que a economia vai crescer 8,7% na taxa anualizada em relação aos três meses imediatamente anteriores, devido aos bons resultados das vendas no varejo e da produção industrial. A estimativa anterior da instituição era de expansão de 6,3%.

Segundo o IBGE, as vendas no comércio no país em fevereiro cresceram 1,6%, na comparação com janeiro. Em janeiro, o varejo havia subido 3%.


Fonte: Folha de S. Paulo

Brasil bate recorde na criação de empregos formais no 1º trimestre, aponta Caged


O número de vagas criadas no mercado de trabalho bateu recorde no primeiro trimestre de 2010. Segundo os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) o saldo acumulado até março somou 657.259 novos empregos.

O saldo positivo no trimestre é resultado de três recordes seguidos nos primeiros meses do ano. As 266.415 vagas criadas em março ultrapassaram as 204 mil de 2008 e ficaram na melhor colocação para o mês desde o início da série em 1992.

O resultado de fevereiro foi bem superior ao do ano passado (9.179). A marca dos 209.425 superou os 204.963 criados em 2008 e ficou na melhor posição registrada pela pesquisa no mês. Em janeiro, as 181.419 novas vagas também contribuíram para a maior marca da série.

A expectativa do governo é de que o desempenho da economia continue a gerar saldos positivos na criação de empregos. A expectativa é fechar 2010 com o maior número de vagas criados em um ano. A meta é chegar a dois milhões de novas vagas.


Fonte: http://www.pt.org.br/portalpt/noticias/economia-5/brasil-bate-recorde-na-criacao-de-empregos-formais-no-1o-trimestre-aponta-caged-4123.html

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Trabalho infantil cai mais de 20% no Brasil, aponta IBGE


O número de crianças que trabalham caiu mais de 20% no País, segundo registro da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A faixa etária com maior redução foi de 5 a 9 anos, com queda de 40%, no período entre 2006 e 2008.

Em 2008, trabalhavam 2.144.770 crianças e adolescentes entre 5 e 15 anos, o que representa 5,83% do total de crianças da faixa etária. Comparado com o período de 2007 e 2008, a circunstância do trabalho infantil era de 13,81%.

O segmento etário de 10 a 14 anos teve retração no total de ocupados de 23,5% e entre os adolescentes de 15 anos, com 9,2%.

Em relação ao domicílio, houve maior redução no campo, com retração de 26,8%. Nas cidades a queda registrada foi de 14,4%. No entanto, do total de ocupados de 5 a 15 anos de idade, 52,5% estavam em áreas urbanas. Nas áreas rurais a maioria das crianças que trabalham, 73,2% delas, tem entre 5 e 9 anos.

Por gênero, o número de meninos que trabalhavam em 2008 correspondia a 67,5% do total de crianças e adolescentes que laboravam nesse ano. Quanto a retração no período de 2006 a 2008, o número de meninas teve uma queda maior, com redução de 25,4%. A redução entre os meninos foi de 18,6%.

O Nordeste foi a região com a maior redução absoluta entre 2006 e 2008. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) registrou 977.005 crianças trabalhando em 2008, contra 1.226.466 em 2006. A região Sul registrou a maior redução percentual, com queda 29,5% no trabalho infantil, registrando 471.262 crianças e adolescentes trabalhando em 2008. A segunda maior retração foi na Região Norte, com queda de 24,5%; seguido do Nordeste, com 20,3%, do Sudeste, com 17,8% e Centro-Oeste, com 5,7%.

Fiscalização

A Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), é a responsável pela fiscalização para a erradicação do trabalho infantil, dentro do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A ação fiscal tem como objetivo principal prevenir e reprimir a prática do trabalho por crianças e adolescentes em todo o território nacional.

Entre 2007 e 2009 foram realizadas 3.330 ações fiscais pela SIT, que afastaram da relação laboral precoce e encaminhou à rede de proteção social 16.894 crianças e adolescentes. O número de fiscalizações aumentou 13% de 2007 para 2008 e o número de adolescentes encontrados sofreu redução de 3,5% no período. Já de 2009 para 2008 o aumento da fiscalização foi de 11%, com redução de 17,5% no número de crianças e adolescentes encontrados.

Fonte: Portal Brasil

Cuidados e prevenção


Ter uma boa alimentação é sinônimo de vida saudável. Por meio da Política Nacional de Alimentação e Nutrição, o governo incentiva a população a ter bons hábitos e conscientiza sobre os riscos de doenças causadas pela ingestão prolongada de alguns tipos de produtos.

Muitos componentes da alimentação dos brasileiros são associados ao desenvolvimento de doenças, como o câncer, problemas cardíacos, obesidade e outras enfermidades crônicas, como o diabetes. Por isso, alimentos ricos em gorduras, como carnes vermelhas, frituras, molhos com maionese, leite integral e derivados, bacon, presuntos, salsichas, linguiças, mortadelas, entre outros, devem ser ingeridos com moderação.

O tipo de preparo do alimento também influencia no risco de doenças. Ao fritar, grelhar ou preparar carnes na brasa a temperaturas muito elevadas, por exemplo, podem ser criados compostos que aumentam o risco de câncer de estômago. Por isso, métodos de cozimento que usam baixas temperaturas são escolhas mais saudáveis, como vapor, fervura, ensopados, guisados, cozidos ou assados.

Ministério do Desenvolvimento Agrário

• Alimentar-se de maneira correta significa prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida.

Vida saudável

A adoção de uma alimentação saudável previne o surgimento de doenças crônicas e melhora a qualidade de vida. Frutas, verduras, legumes e cereais integrais contêm vitaminas, fibras e outros compostos, que auxiliam as defesas naturais do corpo e devem ser ingeridos com frequência.

As fibras, apesar de não serem digeridas pelo organismo, ajudam a regularizar o funcionamento do intestino, reduzindo o tempo de contato de substâncias nocivas com a parede do intestino grosso.

A ingestão de vitaminas em comprimidos não substitui uma boa alimentação. Os nutrientes protetores só funcionam quando consumidos por meio dos alimentos. O uso de vitaminas e outros nutrientes isolados na forma de suplementos não é recomendável para prevenção do câncer.

Os bons hábitos alimentares vão funcionar como fator protetor se forem adotados ao longo da vida. Nesse aspecto devem ser valorizados e incentivados antigos hábitos alimentares do brasileiro, como o consumo de arroz com feijão.
O Ministério da Saúde lançou o Guia da Alimentação saudável. Na publicação (veja íntegra em http://www.saude.gov.br/alimentacao) estão os dez passos para uma alimentação saudável. São eles:

• Coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e faz bem à saúde.

• Consuma diariamente três porções de leite e derivados e uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos. Retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação torna esses alimentos mais saudáveis.

• Consuma, no máximo, uma porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina.

• Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas e outras guloseimas como regra da alimentação.

• Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa.

• Beba pelo menos dois litros (seis a oito copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições.

• Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo.

• Faça pelo menos três refeições (café-da-manhã, almoço e jantar) e 2 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições.

• Inclua diariamente seis porções do grupo dos cereais (arroz, milho, trigo, pães e massas), tubérculos como as batatas e raízes como a mandioca nas refeições. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos em sua forma mais natural.

• Coma diariamente pelo menos três porções de legumes e verduras como parte das refeições e três porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches.

Fonte: http://www.brasil.gov.br/sobre/saude/cuidados-e-prevencao/alimentacao

Fio Dental


O fio dental é de grande importância porque ele penetra no espaço entre os dentes que a escova não alcança, e em conjunto com a escova propiciam um maior poder de remoção da placa bacteriana.

Utilize corretamente o fio dental:

1. Corte aproximadamente 45 cm de fio e enrole as extremidades nos dedos médios.

2. Use os polegares e os indicadores para conduzi-lo cuidadosamente entre os dentes superiores e inferiores. Evite o contato brusco com as gengivas para não machucá-las.
3. Curve o fio suavemente ao redor da superfície lateral de cada dente, penetrando na linha da gengiva delicadamente. Movimente-o para fora, fazendo com que seja raspada e assim removida a placa bacteriana que a escova não alcança . Lembre-se de limpar cada dente separadamente.

Nota: pequenos sangramentos podem ocorrer no início do uso do fio dental. Com o uso, esses sangramentos devem cessar. Caso contrário, consulte seu dentista.

Importância do flúor
O uso do flúor é muito importante no combate às cáries. Ele inibe a corrosão do esmalte dentário, deixando os dentes mais resistentes ao ataque da cárie, e recompõe esse esmalte quando do início da mesma. Seu uso é recomendado para crianças e adultos. O flúor é encontrado em cremes dentais, enxaguatórios fluoretados ou em forma de verniz e gel para aplicação em consultório odontológico.

Alimentação saudável
A manutenção de uma dieta saudável é extremamente importante para a saúde bucal. Evite, ou ao menos diminua, o consumo das bebidas ou alimentos açucarados, dado o alto valor cariogênico desses produtos. Procure ingeri-los somente durante as principais refeições e a seguir escove bem os dentes.

Nota: a higiene dental também se faz necessária entre as principais refeições. Não se esqueça !!!

Visite seu dentista regularmente
É aconselhável a visita ao dentista pelo menos a cada 6 meses, para que sejam utilizadas medidas preventivas e tratadas possíveis doenças como cáries, doenças das gengivas, bochechas, língua e lábios entre outras.


Fonte: http://odontologika.uol.com.br/fiodental.htm

Qual a quantidade de exercício para prevenir o ganho de peso?



Perder peso é difícil, e manter o peso pode ser ainda mais duro. Assim, pesquisadores de Harvard decidiram determinar exatamente a quantidade de atividade física necessária para mulheres de meia-idade evitarem o ganho de peso à medida que elas envelhecem.

Os pesquisadores descobriram que uma hora de atividade moderada por dia – incluindo atividades recreativas, como caminhada rápida, pedalar por lazer, dança de salão e brincar com as crianças – evitava que as mulheres de peso normal ganhassem mais de 2,26kg ao longo de um período de 3 anos. Metade dessa quantidade em atividades vigorosas, como corrida, jogging ou pedalar rápido, também tem o mesmo efeito.

No entanto, as mulheres que fizeram a mesma quantidade de exercício, mas que eram mais pesadas no começo, não puderam evitar o ganho de peso. Nem as mulheres de peso normal que fizeram menos que sete horas semanais de atividade moderada, segundo o estudo, publicado na edição de 24 de marco do The Journal of the American Medical Association.

O ganho médio de peso ao longo do estudo de 15 anos, que acompanhou 34.079 mulheres saudáveis com uma média de 54 anos no início da pesquisa, foi de pouco mais de 2,26kg. Os pesquisadores não levaram em consideração a alimentação.

“É tão difícil perder peso e manter, então, independente do seu peso, você deve tentar mantê-lo – isso é uma vitória”, disse o principal autor do estudo, Dr. I-Min Lee, professor associado de epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública de Harvard.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/2010/04/12/qual-a-quantidade-de-exercicio-para-prevenir-o-ganho-de-peso.jhtm

quarta-feira, 14 de abril de 2010

MEC divulga Boas Práticas de Mobilização Social pela Educação


O site da Mobilização Social pela Educação, área do Portal MEC, disponibiliza, a partir desta terça-feira, 13 de abril, um novo componente: o Banco de Boas Práticas Mobilização Social pela Educação. Por meio da nova seção, que corresponde a um sistema de busca, o usuário pode acessar informações sobre experiências relevantes de mobilizações promovidas individualmente ou por segmentos organizados em prol do envolvimento da família na educação dos filhos.

As iniciativas reunidas no Banco de Práticas podem inspirar mobilizadores de todo o País a promoverem a replicação dessas experiências em suas comunidades, resguardadas as devidas adaptações à realidade local, de modo a chamar a atenção da sociedade para o compromisso de todos e cada um dos brasileiros com a garantia da qualidade da educação.

O Banco de Boas Práticas Mobilização Social pela Educação facilita ao usuário o acesso a exemplos de ações de fácil aplicação, empreendidas por meio de recursos simples e que foram realizadas por empresas, organizações não governamentais (ONGs), igrejas e órgãos públicos, entre outros parceiros do Plano de Mobilização Social pela Educação, com a finalidade de estimular a interação escola-família, para a melhoria do aproveitamento do ensino nas unidades da rede pública.

Exposições no ambiente da escola de painéis com informações sobre o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb); custeio de impressão da Cartilha Acompanhem a vida escolar dos seus filhos por secretarias de Educação; criação de blogs sobre a Mobilização; formação de Comitês de Mobilização; iniciativas voltadas à alfabetização e educação de jovens e adultos, entre outras experiências, estão reunidas no Banco de Boas Práticas de Mobilização Social pela Educação.


Acesse aqui o Banco de Boas Práticas da Mobilização Social pela Educação.
http://mse.mec.gov.br/index.php?option=com_zoo&view=busca&Itemid=225

O Voluntário


Lucileide Malaguth Novais
de Sabará, MG


A lei 9.608, que rege o serviço voluntário, nos faz pensar no papel deste distinto membro das instituições filantrópicas espíritas. Voluntariado pressupõe, ação espontânea para auxiliar. Aquele que age de acordo com a sua vontade, age quando pode e como pode. Ficamos então nos perguntando, se as várias atividades que concernem a um grupo espírita, podem esperar, a hora e a vez do querer destes elementos de boa vontade. Mais interessante ainda é notar que, a sincera intenção de ajudar move muitos aos portais das Casas Espíritas, que seguem sua trajetória voltada sempre para os preceitos máximos da Caridade.

Nos lembramos então em dado momento de trabalho intenso de nosso grupo, quando o espaço físico se fazia pequeno e os membros da Casa se multiplicavam em tarefas múltiplas, de um rosto, o de Dona Rosa. Miúda, face marcada pelas lutas dessa vida, pele morena como a de um índio, olhar pequeno, sagaz, profundo. Não era muito de sorrir, pela vergonha que tinha dos dentes falhos, mas quando o fazia, seus olhos se iluminavam de tal forma que não havia quem não sorrisse junto, feliz com sua felicidade.

Pois é, Dona Rosa não era tarefeira de nossa Casa e sim uma atendida. Já idosa, com sério comprometimento cardíaco, vinha sempre em busca da sacola de mantimentos que distribuíamos e, mais do que a sacola, dizia que gostava mesmo era de ouvir a coordenadora desses trabalhos falar das "passagens de Jesus", ou seja, o estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo.

De uma forma que pudesse ir de encontro ao coração e à mente de pessoas tão humildes, na sua maioria advindas dos bairros mais pobres da periferia de Belo Horizonte, a fala era rica em imagens (cartazes, fotos, slides, etc.) que pudessem facilitar na compreensão de modo didático e metodológico. E Dona Rosa se encantava com tais exposições e as comentava traduzindo sua compreensão e interesse.

Certa feita quando esta reunião Evangélica já havia terminado e a distribuição das sacolas estava bem a meio caminho, e ela quase a receber a sua, ouviu sem ser vista pelos interlocutores a seguinte conversa:

— Acho que vou dar um "tempo" destas tarefas, estou me preparando para um concurso e não terei condições de me dividir em tantas atividades.

— Bom se você crê que será difícil, então dê um tempo. Pena que sua tarefa aqui é justamente pegar os alimentos com os doadores e trazê-los para a Casa, e nós já temos tão poucos carros disponíveis e que comportam uma quantidade maior de coisas. Não há mesmo outra maneira?

— Não infelizmente. Preciso me preparar e se eu conseguir passar, aí que não sei mesmo o que fazer, pois terei que trabalhar em dois horários, no emprego em que já estou, e mais no novo. Minhas manhãs não estarão mais livres.

A conversa do tarefeiro era com a coordenadora que começou a perceber que ia mesmo ter que arranjar uma outra pessoa para exercer este trabalho. Já era tão complicado alguém se dispor a ir, e mais essa agora, pensou. Mas não podia interferir na decisão do companheiro e por respeito a este acatou, ponderando.

— Vamos então pedir a Deus que as coisas se encaminhem, te desejo sorte.

Donas Rosa que a tudo ouvia atenta pediu licença para entrar na conversa e já foi logo com muita humildade e bom humor perguntando:

— Me desculpem a ignorância, mas gente de melhor condição que a nossa não come todo dia não?

— Claro que sim, Dona Rosa, porquê a pergunta? Quis saber a coordenadora.

— Não, é só para a gente entender, se o tal do trabalhador da última hora anda sem hora para trabalhar, e se ele que tem necessidade de comer todo dia igual a gente não consegue esse tempo, fico imaginando se as sacolas que são cheias de alimento com o que ele traz, vão ficar vazias, por que ele não pode mais ajudar. Olhe moço, pobre come todo dia e fome não tem dó, vem mesmo.

— Não minha querida, interferiu a coordenadora, outro fará este trabalho.

— Ah! Bom, Não pensem vocês que estou reclamando, eu só queira entender. Mas agora estou com pena é do moço aí.

— De mim, porquê?

— Ora, seu moço, o senhor é que vai ficar com fome de ajudar. Porque não é consolando que a gente é consolado? E dando um riso cheio, foi logo completando: gente come todo dia, mas a alma, essa é muito mais "gulosa", só fica calma quando mata a fome com o Cristo. Se eu "tivé" errada me "acorrijam" então. E saiu muito lampeira para receber sua sacola.

A coordenadora para não criar constrangimento saiu mansamente, deixando um tarefeiro boquiaberto sem saber o que dizer.

Dona Rosa já se encontra na Pátria Espiritual, e imaginamos que deva estar lá dando suas lições de vida, grandes lições. Saudade, minha amiga, saudade.

(Jornal Verdade e Luz Nº 193 Fevereiro de 2002)

Fonte: http://portalespirito.com/verdade-e-luz/o-voluntario.htm

Mulher guerreira (Poesia)

Mulher guerreira
Ou menina faceira

Não se molda às circunstâncias

E se lhe privam o prazer,
Vira a guerreira
Não aceita imposições

Vai em busca, indo a luta
Para não se deixar morrer!

Mulher faceira
Menina guerreira

Quer viver plenamente,
buscando, amando,
desejando, sonhando,
e sentindo o prazer de viver.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Pedra Rio Santos (Portogalo)




Hoje uma enorme pedra impediu o tráfego na Rodovia Rio-Santos.

O autoconhecimento


Paulo Henrique D. Vieira
de Uberlândia, MG


A busca do ser humano por respostas sobre a natureza e as coisas, a vida e si mesmo, já remonta de muitos e muitos séculos.

No século V a.C. o filósofo grego Sócrates, já se preocupava com isso e dizia que antes do homem se preocupar em querer conhecer a origem da natureza ou das coisas, deveria primeiro procurar conhecer-se a si mesmo.

No pórtico do templo de Apolo, estava gravada a expressão “conhece-te a ti mesmo”, que se tornou a bandeira do filósofo grego.

Sócrates andava pelas ruas e praças de Atenas; pelo mercado e pela assembléia, indagando as pessoas: “Você sabe o que você diz?”, “Você realmente tem certeza em que você acredita?”, “Você está realmente conhecendo aquilo em que acredita, aquilo em que pensa, ou em aquilo que você diz?”

Fazendo estas perguntas as pessoas, Sócrates deixava seus interlocutores embaraçados, curiosos, irritados e na maioria das vezes surpresos, pois quando estas pessoas tentavam responder ao filósofo suas indagações, percebiam que na maioria das vezes não sabiam responder e que nunca tinham verdadeiramente parado para refletir em suas crenças, valores e ideais. Logo em seguida as pessoas esperavam que Sócrates respondesse à elas o objeto de suas indagações, no que o filósofo respondia: “Eu também não sei, e é por isso que estou perguntando.” De onde surgiu a célebre frase atribuída a ele: “Tudo o que sei é que nada sei”.

Sócrates dava uma prova de humildade e sabedoria, afirmando a consciência da própria ignorância.

Por questionar as idéias, os valores e os comportamentos que os atenienses julgavam corretos e verdadeiros, estimular o povo e principalmente a juventude ateniense a pensar e refletir se todos aqueles valores da época eram verdadeiros, Sócrates foi considerado um perigo pelos poderosos de Atenas.

Acusado de desrespeitar os deuses, corromper a juventude e violar as leis, como todo mártir, Sócrates foi condenado a morte.

Negou-se a defender-se perante a assembléia, e quando interrogado pelos discípulos pelo porquê de sua decisão, disse: “ se eu me defender, estarei aceitando as acusações, e eu não as aceito. (...)”.

A filosofia de Sócrates deixou marcas tão profundas no pensamento humano, que ele foi considerado pela maioria dos filósofos o pai da filosofia; Kardec colocou na introdução do Evangelho segundo o Espiritismo o resumo de sua doutrina e do seu principal discípulo – Platão - e Emmanuel afirma no livro A Caminho da Luz que: “Sua existência, em algumas circunstâncias, aproxima-se da exemplificação do próprio Cristo.(...)” 1

Mas transportando a essência do pensamento de Sócrates para os nossos dias, será que atualmente o homem e principalmente nós espíritas, conhecedores de tantas verdades do mundo espiritual, conhecemos à nós mesmos?

Qual será o móvel de nossas ações perante a Doutrina Espírita, nossa família, a sociedade e mesmo perante à nós mesmos?

Sabemos que somos imortais, mas será que nas horas de crise ou nas situações difíceis, temos sabido manter a calma daquele que sabe que toda tempestade chega e passa e que por mais que a noite seja densa, não há nada que possa impedir o nascer de um novo dia?

Temos consciência que reencarnamos para o resgate dos débitos do passado e o conseqüente desenvolvimento intelecto-moral que todo espírito carece, mas temos sido capazes de manter as esperanças diante da debilidade orgânica crônica, das pessoas que estão ligadas a nós e que não mantemos afinidade, da situação econômica difícil, da insatisfação de sonhos que gostaríamos de realizar, mas que as circunstâncias nos impossibilitaram de faze-lo?

Hoje compreendemos que em nossa jornada evolutiva não fizemos apenas amigos, antes mesmo prejudicamos e perseguimos muitas pessoas, mas diante das criaturas que hoje demonstram aversão por nós, temos demonstrado a humildade e o amor exemplificados por Jesus visando a reconciliação necessária, ou estamos acalentando animosidades que apenas dificultarão nossa situação no futuro?

Kardec deixou claro que fora da caridade não há salvação, mas temos nos esforçado em doar algo de nós em favor do nosso semelhante, ou temos exercitado a falsa bonomia, achando que alguns trabalhos assistenciais realizados uma vez por semana nos descortinarão as portas do paraíso?

É por tudo isto, por todas estas grandes verdades que os espíritos trouxeram para os homens através de Allan Kardec, e posteriormente em nosso século, pela psicografia de Francisco Cândido Xavier - com obras tão elucidativas como as de André Luiz e Emmanuel - cujas deste último expressando um alto teor evangélico, apresentando o Espiritismo como o próprio cristianismo redivivo, que constatamos que nós espíritas temos uma responsabilidade muito grande perante a vida, pois nenhuma outra religião explica os mecanismos da existência tão claramente quanto a nossa, em nenhuma outra existe um evangelho tão claro, onde são elucidadas até as mais alegóricas parábolas de Jesus.

Daí a necessidade do autoconhecimento pregado por Sócrates, que foi também abordado no Livro dos Espíritos 2 por Santo Agostinho, como a maneira mais eficaz de se melhorar nesta vida e se resistir ao mal.

Na subdivisão da pergunta 919 do Livro dos Espíritos, Kardec pergunta aos espíritos qual é o meio para se chegar ao autoconhecimento e na resposta que se segue a formulação da pergunta, se aconselha a interrogarmos a consciência ao final de cada dia, passando em revista o que fizemos e perguntar a nós mesmos se não faltamos com o cumprimento de algum dever e se ninguém tem motivos para se queixar de nós. Aconselha ainda a indagarmos de nós mesmos o que estamos fazendo e qual o móvel de nossas ações, se estamos praticando ações que censuraríamos nos outros e que não teríamos coragem de confessar. Se ao entrarmos no mundo dos espíritos – onde nada é oculto – teríamos medo do olhar de alguém. Que devemos analisar nossos atos e examinar o que podemos estar fazendo contra Deus, depois contra o próximo, e por fim contra nós mesmos.

E o espírito comunicante finaliza categórico:

“O conhecimento de si mesmo é, portanto, a chave do melhoramento individual.”

Todos nós somos criaturas humanas, passíveis de erro e por isso mesmo tudo isto aqui exposto sensibiliza antes a nós mesmos. Mas precisamos compreender que o Criador nos atribuiu apenas a imortalidade, nos concedendo todas as possibilidades para o progresso intelecto-moral, mas que este só pode ser efetuado por nós mesmos, visto sermos dotados de livre-arbítrio, que é a faculdade de fazer ou não fazer, o poder de decidir entre o bem e o mal. Sem o estudo do Evangelho e o conhecimento das verdades espirituais; sem o trabalho que aprimora a alma e sem o conhecimento de nós mesmos, fica muito difícil palmilharmos o caminho da luz. Talvez daí todos os erros cometidos nestes dois mil anos por aqueles que sucederam a vinda do Cristo, pois se não conhecemos a nós mesmos, mais complexas se tornam as palavras do Mestre:

— “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” 3

1 A Caminho da Luz, pág. 93 - Sócrates - 22.ª edição FEB

2 O Livro dos Espíritos, cap. XII - Perfeição Moral, item V - “Conhecimento de Si Mesmo”, perg. 919 e 919-a - Edição EME

3 João, VIII - 32

Bibliografia:
•1. ANGLO, Coleção. Período Socrático ou Antropológico – Vários Autores.
(Jornal Verdade e Luz Nº 168 de Janeiro de 2000)


Fonte: http://portalespirito.com/verdade-e-luz/o-autoconhecimento.htm

As escolhas da juventude mudam a história


Che, Pagú, Zumbi e Chico Mendes têm duas coisas em comum: mudaram os rumos da história e as escolhas que tomaram na juventude foram fundamentais para as transformações que eles protagonizaram.

Pela primeira vez no Brasil os jovens tem sido levados a sério. O governo Lula duplicou as vagas nas universidades federais, criou o PROUNI e o PROJOVEM, valorizou o salário mínimo e tem gerado crescimento econômico com distribuição de renda, diminuindo a desigualdade social e fazendo do nosso país uma nação respeitada no mundo.

Este ano, teremos eleições para presidente, governador, deputados e senadores e se você têm 16 anos, ou irá completar até 03 de outubro, já pode tirar seu título de eleitor e participar destas eleições. O voto é um importante instrumento para fazer valer suas opiniões.

O prazo para o alistamento eleitoral termina no dia 05 de maio, e para tirar o título o jovem deve comparecer até o cartório eleitoral mais próximo da sua residência, munido de documento de identidade e comprovante de residência. Os trâmites podem ser adiantados através do Título Net, no site do TSE (clique aqui para ir ao Título Net).
Você pode ser parte da mudança do Brasil. Vote aos 16 anos.

Tire seu título de eleitor e participe da construção deste novo país que está nascendo.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Encontro Nacional de Negras e Negros debaterá políticas para a questão racial


A Secretaria Nacional de Combate ao Racismo do Partido dos Trabalhadores e o Coletivo Nacional promovem o Encontro Nacional de Negras e Negros do PT. O evento será realizado de 16 a 18 de abril, no Hotel San Marco, localizado no Setor Hoteleiro Sul, em Brasília,DF.

A proposta do encontro é debater políticas públicas voltadas para a questão racial no Brasil.

Segundo a SNCR, diante de todas as conquistas do último período, durante o governo Lula, e o ano eleitoral, o encontro pretende aprofundar questões como a manutenção das cotas raciais na universidade pública, inclusão social e propor alternativas para o combate à fome e à pobreza, que têm como maiores vítimas a população negra.

Dentre as estratégias a serem discutidas estão a inserção do movimento e da militância de negros e negras do PT no processo de discussão interna dos grandes temas que norteiam as bandeiras do PT, além de propor iniciativas que possam contribuir para ampliar as conquistas da população negra e aprofundar a perspectiva de construção de um país socialista, justo e democrático.

Os participantes do evento terão também a oportunidade de propor diretrizes que envolvam a temática étnico-racial no Programa de Governo de Dilma Roussef.

A pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Roussef, o presidente nacional do PT José Eduardo Dutra, o ministro da Secretaria Especial de Polóticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Eloi Ferreira Araújo , parlamentares e dirigentes deverão marcar presença no evento.

Pontos de pauta a serem debatidos:
- Estratégia de campanha do movimento negro para as eleições de 2010
- Diretrizes de Programa de Governo na temática étnico/racial
- Prioridades do programa de governo do PT para a Promoção da Igualdade Racial
- Qualificar os debates sobre a nova concepção de Brasil a partir das políticas de Promoção da Igualdade Racial
- O diálogo com países africanos e da América Latina: Intercâmbio entre as experiências no combate a racismo e no desenvolvimento de ações afirmativas da África do Sul, Moçambique, Bolívia e Brasil.

Mais informações pelo telefone (61) 3213- 1381 ou no e-mail: combateracismo@pt.org.br

Love S2

Uma imagem vale mais que mil palavras!


Depois da Chuva veio a ressaca no Rio



sábado, 10 de abril de 2010

Plano Nacional de Banda Larga em abril


De acordo com Paulo Bernardo, ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, o governo federal deve anunciar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) durante o mês de abril e ele deverá ser incluído na segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2).

Segundo o ministro, o PNBL ainda não foi incluído ao PAC-2 porque o presidente Lula ainda não se reuniu com todos os ministérios envolvidos para aprovar seu conteúdo.

O PNBL promete universalizar o acesso à web no Brasil e o governo poderá fazer uso da Telebrás durante sua implementação.

O que é o plano nacional de banda larga?


O Ministério das Comunicações entregou ao presidente Lula um estudo de 197 páginas que prevê a criação de um plano nacional de banda larga.
A ideia é reunir R$ 75 bilhões em investimentos públicos e privados nas redes de telefonia até 2014 e levar banda larga de pelo menos 1 Mbps a todos os municípios brasileiros por preços acessíveis pelas populações de baixa renda
O centro do plano é usar redes de fibra óptica que já existem pelo país, mas estão ociosas e criar conexões com redes móveis para atender zonas rurais e municípios afastados dos grandes centros.

O principal debate, no momento, é qual o melhor modelo para gerir os investimentos nesta rede.
Estão na disputa pelo menos três ideias, uma que prevê a criação de uma grande estatal, sob o nome da Telebrás, para fornecer banda larga, outra que prevê a entrega das redes públicas à iniciativa privada e um terceiro modelo, que prevê conjugar empresas públicas e privadas para administrar a nova rede. Veja abaixo os principais pontos do plano.

Qual o objetivo do plano nacional de banda larga?
Organizar investimentos públicos e privados para aumentar a concorrência no setor de banda larga nas grandes cidades e levar internet até os municípios que não contam com serviço de qualidade.
O programa prevê duas fazes. Na primeira, com conclusão em 2012, todas as regiões do país seriam atendidas, exceto a Norte. Na segunda, com conclusão em 2014, o plano atenderia às regiões afastadas do Norte do Brasil, como os municípios da Amazônia.
A meta é conectar à web 50% dos domicílios brasileiros até 2014 o que permitiria que mais de 90 milhões de brasileiros tenham internet em casa, além daqueles pode podem usar a web no trabalho, em escolas e centros públicos. De acordo com o Ministério das Comunicações, atualmente 17,8% dos domicílios têm acesso à web.

Como a internet vai chegar até os novos usuários?
O plano do governo é usar como base redes de fibra óptica sob seu controle e que estão ociosas, como as redes construídas pela Petrobrás e Eletrobrás, o que inclui a rede de Furnas.
Além disso, o governo espera obter o controle sobre uma rede da Eletronet, empresa falida que detém 16 mil quilômetros de fibras espalhados pelo Brasil. Para isso, o governo precisará entrar em acordo com os credores da Eletronet, o que inclui grandes empresas como a Alcatel-Lucent, que briga na Justiça para receber por serviços não pagos.

Quando tiver esta grande rede em mãos, o governo prevê fazer novos investimentos para melhorar a rede e criar conexões sem fio entre os pontos onde termina o cabeamento de fibra óptica e os pequenos municípios brasileiros. Uma das ideias é usar conexões de rádio para atender às zonas rurais.
Para fazer estes investimentos o governo espera usar recursos do Funtel, um fundo público usado para ampliar o acesso à telefonia no país. Depois de feitos todos os investimentos, o governo precisa decidir quem administrará essa nova rede. Há três propostas em debate: uma estatal, outra privada e uma mista.

1 -Modelo estatal

Defendido pelo Ministério do Planejamento, o modelo estatal prevê que toda a rede fique sob controle da Telebrás.
A empresa pública gerenciaria a rede e venderia serviços de banda larga diretamente ao consumidor. O Ministério avalia que, uma vez que o governo fez todos os investimentos sozinho, ele é quem merece ficar com o controle da rede. Nesse cenário, a Telebrás atuaria como uma concorrente das empresas já estabelecidas, como Telefônica, GVT, NET e Oi.

Ponto a favor: O governo terá total liberdade para definir preços e usar sua rede com finalidades sociais, além de pressionar as teles privadas a melhorar seus serviços para não perder clientes para a Telebrás.
Ponto negativo: Concentra todos os investimentos no poder público e há o risco de o modelo estatal não ser o mais eficiente para atender os consumidores.

2 - Gerencia Privada

Defendida pelo Ministério das Comunicações, o modelo privado entregaria às grandes teles a infraestrutura da nova rede.
Para levar web até as zonas rurais e pequenas cidades, o governo ofereceria incentivos fiscais para compensar as teles por atender regiões onde não há interesse econômico. Além disso, o projeto prevê o compartilhamento das redes móveis em regiões afastadas, diminuindo o custo das teles.
Ponto a favor: Permite atrair investimentos privados e entrega a gestão às companhias que já têm expertise no setor.
Ponto negativo: Não aumenta a competição no setor e não garante preços baixos pelo serviço, já que as teles teriam liberdade para definir seus preços.

3 - Gerencia Mista

Defendida pelo Ministério da Casa Civil, o modelo misto deixa toda a gestão da rede sob os cuidados da Telebrás.
A companhia pública, no entanto, não atenderia diretamente aos consumidores, mas apenas pequenos provedores. Estas empresas é que seriam responsáveis pelo serviço de última milha, ou seja, levar a conexão até a casa do usuário. O Estado pode operar como provedor apenas pontualmente, nas regiões rurais onde não houver interesse de empresas privadas.

Ponto a favor: O modelo criaria milhares de novos concorrentes no setor de banda larga para competir com as empresas tradicionais.
Ponto negativo: Não agrada aos interesses das teles e concentraria todos os investimentos em infraestrutura no setor público.

Quais são as dúvidas do presidente Lula?
Caberá ao presidente escolher qual o melhor modelo. O presidente pediu mais estudos pois não há certeza sobre a viabilidade jurídica de vários aspectos do programa nem está claro de onde virá o dinheiro para o programa.
Existe a chance, por exemplo, de o governo não obter sinal verde para sacar recursos do Funtel e usá-los em banda larga, já que o estatuto do fundo prevê gastos para melhorar o acesso à telefonia tradicional.

Também há dúvidas sobre como resolver, na Justiça, o imbróglio que envolve a Eletronet. A Presidência quer segurança de que será possível usar a rede ociosa já no início de 2010. Se o caso se arrastar na Justiça, o programa pode fracassar.
Lula deve anunciar sua decisão em até três semanas. O presidente tem pressa em decidir a questão pois, entre outros motivos, espera usar o programa como argumento a favor de seu governo durante as eleições do ano que vem

Felipe Zmoginski, de INFO Online
Quinta-feira, 26 de novembro de 2009 - 15h53
Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/o-que-e-o-plano-nacional-de-banda-larga-26112009-35.shl

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Brava Fashion Night

Reunião hoje (09/04/2010), às 20h, na Pousada HD.

Ensaio no Cinema de Praia Brava, Domingo (11/04/2010): Infantil às 14h e Juvenil às 16h.